No Huambo

Mais de 50 por cento das fazendas inoperantes

Mais de 50 por cento das fazendas inoperantes

Cerca de 67, das 138 fazendas registadas pelas autoridades do município da Caála, no Huambo, encontram-se inoperantes há vários anos, sobretudo por falta de capacidade financeira dos proprietários para o desenvolvimento da actividade agrícola.

Os dados foram avançados nesta segunda-feira pelo chefe de secção da Agricultura da administração do município, Avelino Alfredo, em declarações à Angop.

Avelino Alfredo referiu que “a paralisação da maior parte das fazendas está relacionada com a falta de capacidade financeira dos proprietários e as dificuldades de obtenção de créditos para dar continuidade aos projectos no ramo agrícola”.