Próximas 48 horas serão "fundamentais

Jorge Neto em coma induzido após cirurgia

O cantor cabo-verdiano Jorge Neto, um dos principais rostos da banda Livity, continua em coma induzido, depois de ter sido submetido a uma cirurgia de urgência na cabeça, a 31 de Dezembro de 2019, num dos hospitais de Lisboa, em Portugal.

Jorge Neto em coma induzido após cirurgia
D.R
Jorge Neto sofreu um duplo Acidente Vascular Cerebral (AVC)

Segundo a Agência Noticiosa de Cabo Verde (Inforpress), que cita o ‘manager’ do artista, Augusto (Gugas) Veiga, Jorge Neto sofreu um duplo Acidente Vascular Cerebral (AVC) no dia 30, depois de ter passado mal no aeroporto de Lisboa.

Na altura, o músico tentava viajar para Cabo Verde, onde tinha agendado um show de passagem de ano em São Vicente.

"Estava com tensão muito alta e não o deixaram viajar. Ali mesmo foi-lhe medicado e quando estava a sentir-se melhor foi enviado para casa, onde teve um duplo AVC, tendo sido descoberto pelo seu irmão, e ainda assim recusou-se ir a um hospital", informou.

Gugas Veigas explicou que só no dia 31 Jorge Neto foi levado ao hospital, quando a sua esposa, que estava em Holanda, antecipou a sua viagem para Portugal.

No hospital, os médicos informaram à família que o estado de saúde do artista era crítico, porque demoraram muito para o levar aos serviços hospitalares e que este apresentava "muito sangue num dos lados do cérebro".

No mesmo dia, o artista foi submetido a uma operação de emergência de várias horas e de momento, segundo avançou Gugas Veiga, está ainda em coma induzido.

Às próximas 48 horas serão "fundamentais" para ver a sua reacção.

Este é o segundo AVC que o artista sofre, uma vez que em finais de 2012 também passou pela mesma situação.

Filho de mãe cabo-verdiana, Jorge Neto nasceu em São Tomé e Príncipe em 1964.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS