A partir de Fevereiro de 2020

Huíla vai ter Centro de Valorização de Resíduos

O gabinete provincial do Ambiente, Gestão dos Resíduos e Serviços Comunitários na Huíla perspectiva abrir o Centro de Valorização de Resíduos Sólidos em Fevereiro de 2020, com a finalidade de passar a seleccionar o lixo para reciclam.

Huíla vai ter Centro de Valorização de Resíduos
D.R
Milagre Muchinene, responsável dos Serviços Comunitários

A informação foi avançada hoje, segunda-feira, no Lubango, pelo chefe do departamento dos Serviços Comunitários do Gabinete Provincial do Ambiente, Milagre Muchinene, afirmando que aguarda pela indicação do local onde será instalado o centro, a ser montado em parceria com a Administração Municipal do Lubango (AML).

O centro servirá para a recolha de lixo porta a porta e separá-lo dos resíduos a partir da residência dos munícipes, com a distribuição de um depósito específico para cada tipo de lixo.

O responsável, que falava à margem da Campanha Nacional de Consciencialização e Educação Ambiental ‘Zero sacos plásticos Angola’, a nível da província, referiu que o plástico constitui a maior parte dos resíduos sólidos da região, daí que o gabinete tem promovido campanhas de sensibilização nos supermercados,  padarias e fornecedores de sacos plásticos.

“Estamos a motivar os fornecedores para passarem a fornecer sacos de pano em padarias e de papel em super mercados em substituição dos sacos plásticos. São mais baratos”, referiu.

Para além da sensibilização foi realizada uma exposição de transformação e reciclagem de material plástico, com enfeites para a paredes, vasos, garrafas decoradas, quadros, tudo de plástico.

A campanha tem a finalidade de incentivar a redução do consumo de plástico e a promoção da separação dos resíduos, de forma a facilitar a recolha selectiva para fins de valorização, reciclagem e reutilização, assim como desencorajar a ulitização massiva de plásticos.

O Gabinete Provincial do Ambiente, Gestão dos Resíduos e Serviços Comunitários tem cadastrado duas empresas que trabalham com o plástico já acabado e cinco associações que reciclam e reutilizam o plástico.