Por via do IGAPE

Governo lança concurso para alienar fazendas

Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (Igape) garante que as fazendas estão em “perfeitas condições técnicas” e prevê a venda de mais de 17 empreendimentos agro-industriais e de ‘stock’, para os próximos meses.

Governo lança concurso para alienar fazendas
Mário Mujetes

O Governo, por meio do Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (Igape), lançou o concurso para a privatização de quatro fazendas agro-pecuária. Para os próximos meses, prevê a alienação de 17 fazendas, entre agro-industriais e de ‘stock’. A privatização imediata das quatro quintas, segundo Gilberto Luther, administrador do Igape, “não significa, necessariamente, que as outras não estejam em condições”. “É que foram essas selecionadas agora”, sublinhou.

No entanto, as fazendas, em concurso iniciado no dia 16 deste mês, já funcionavam anteriormente. E tinham uma produção significativa, de acordo com Carlos Paim, membro da comissão de avaliação do Ministério da Agricultura. Por exemplo, a fazenda Caimangala, no Moxico, chegou a produzir cerca de quatro mil toneladas de arroz, durante a época agrícola 2014/2015.

Para a concepção, o Estado investiu cerca de 80 milhões de dólares e, para a privatização, de acordo com o grupo de avaliação independente contratado pelo Igape, a fazenda tem hoje um preço de referência avaliado em 24 milhões de dólares.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS