Feira decorre de 5 a 8 de Julho

Expo-Kongo já tem 35 empresas confirmadas

Pelo menos, 35 empresas, três das quais estrangeiras, estão já confirmadas para participar na segunda edição da Feira Internacional (Expo-Kongo/2019), em Mbanza Kongo, no Zaire, de 5 a 8 do próximo mês. Este número representa um aumento de 13 empresas presentes neste evento anual em relação à edição inaugural, realizada em Julho de 2018.

Expo-Kongo já tem 35 empresas confirmadas
D.R.

A Expo-Kongo vai realizar-se no Largo António Agostinho Neto, adjacente ao edifício principal do governo provincial do Zaire, numa área a céu aberto de mil metros quadrados.

Das empresas confirmadas, destacam-se as representantes da China, através da firma Anzong; do Brasil, com Campotec, e da República do Congo, que se fará representar por uma exposição de produtos pela sua embaixada em Angola.

De acordo com o responsável pela organização da Expo-Kongo, Clemente Kabiri, em declarações à Angop, a empresa Anzong vai expor a sua gama de motorizadas e motociclos, ao passo que a Campotec apresentará máquinas agrícolas.

O sector bancário também estará presente através dos bancos BPC, BNI, Bai e BFA, que esperam mostrar os mais diversos serviços e produtos ao público.

O ramo de seguros, transportes, electricidade, hotelaria e turismo, portuário, entre outras instituições também marcarão presença.

A Expo-Kongo vai realizar-se no Largo António Agostinho Neto, adjacente ao edifício principal do governo provincial do Zaire, numa área a céu aberto de mil metros quadrados.

A exposição tem por objectivo divulgar as potencialidades da região, nos mais diversos domínios, visando a atracção de investimentos, para além de servir de ponte para estabelecer parcerias entre as empresas.

A organização da Expo-Kongo conta com o apoio do Banco de Poupança e Crédito (BPC), a petrolífera nacional Somoil, o Banco de Negócios Internacionais (BNI), entre outras entidades.

Nesta edição, o evento vai realizar-se em simultâneo com o Festival Internacional da Cultura, Artes e Turismo (Festikongo).

 

Outros artigos do autor

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS