Em Cabinda

Detidos 11 pastores por “crimes de desobediência”

Detidos 11 pastores por “crimes de desobediência”
DR

Pelo menos 11 pastores foram detidos em Cabinda, acusados da prática de “crime de desobediência”, por realizarem de forma “deliberada e reincidente” cultos em “igrejas ilegais” anteriormente encerradas pelas autoridades, disse hoje, 26, fonte policial.

O Comando Provincial da Polícia de Cabinda referiu que os “pastores infractores” foram detidos durante operações realizadas entre 16 e 23 de Dezembro naquela província.

Segundo o documento, os pastores reabriram as igrejas, nos arredores o município sede da província, mesmo após terem sido encerradas pelas autoridades por “funcionarem à margem da lei e sem condições para realização de cultos”.

A polícia de Cabinda adianta que na mesma acção foram igualmente detidos 12 fiéis da “Igreja Católica das América” por alegada prática de “actos de vandalismo na via pública, insurgindo-se contra efectivos” da corporação.