Destinado a técnicos de saúde

Concurso público está para breve

Após contratação de 20 mil professores, o Governo aprova quotas de ingressos para 1.700 profissionais da saúde. Já está feita a distribuição de vagas para os centros de saúde e hospitais centrais.

Concurso público está para breve

O concurso público para a contratação de novos técnicos de saúde deverá ser aberto em breve. O Governo aprovou já 1.700 quotas de ingresso para profissionais do sector, como inicialmente previsto aquando do incremento de 10 por cento na dotação orçamental da saúde.

Em 19 despachos conjuntos dos ministérios das Finanças, Administração do Território e Reforma do Estado e da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social foi definido o número de vagas para cada província, sendo que os hospitais centrais têm uma quotização à parte não obedecendo ao critério de província.

Entre as categorias de profissionais de saúde, estão médicos internos gerais, enfermeiros licenciados de 3.ª classe e técnicos superiores de diagnósticos e terapeuta de 2.ª classe.

A contratação de técnicos de saúde decorre após o Estado ter já realizado um concurso público de ingresso de 20 mil professores. Devido à situação macroeconómica menos boa que Angola atravessa, o Governo suspendeu a realização de concurso público de admissão à função pública, abrindo as excepções para a educação e saúde. Para concretizar estas contratações, o Executivo solicitou ao parlamento um incremento orçamental para os dois ministérios.

Com a aprovação do Relatório Parecer Conjunto da Assembleia Nacional, o orçamento para a educação registou um aumento de nove por cento, que corresponde a um valor global de 46,4 mil milhões de kwanzas, e o da educação de seis por cento.

Para a saúde, o documento prevê um incremento da dotação orçamental de 10 por cento, que corresponde a um valor global de 34,9 mil milhões de kwanzas, esticando para 4 por cento do OGE a verba do sector. A autorização para contratação de novos técnicos de saúde e professores vem espelhado no Relatório Parecer Conjunto, que ainda prevê verbas para a reabilitação de vários hospitais.

Total de vagas 1.700 para 
técnicos de saúde

Luanda ...................... 177

Bengo ......................... 26

Huíla ......................... 173

Huambo ...................... 154

Benguela ...................... 153

Bie ............................ 110

Uíge ........................ 108

Kwanza-Sul .................. 94

Kuando-Kubango ........ 76

Cunene ...................... 66

Malanje ...................... 65

Moxico ...................... 61

Cabinda ...................... 60

Lunda-Norte ............... 56

Lunda-Sul .................... 48

Kwanza-Norte ............. 43

Zaire ............................. 41

Namibe ......................... 33

Hospitais centrais ..... 156