Nos últimos quatro meses

Clientes da ENDE devem mais de 140, 7 mil milhões AKZ

Clientes da ENDE devem mais de 140, 7 mil milhões AKZ
D.R

Mais de 140,7 mil milhões de kwanzas é o valor que os clientes devem a Empresa Nacional de Distribuição de Electricidade (ENDE).

De acordo com um comunicado, houve um aumento significativo da dívida nos últimos quatro meses, período em que a empresa pública foi impedida de proceder ao corte de energia, por força do Decreto Presidencial exarado na vigência do Estado de Emergência de combate à covid 19.

O ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, esteve reunido, nesta terça-feira, com os responsáveis da empresa para avaliar a situação.

Segundo o comunicado de imprensa, Luanda é a região do país mais devedora, tendo as instituições públicas e utentes de Postos de Transformação (PT) privados na lista de clientes com o maior universo da dívida.

No encontro, o ministro orientou a empresa a não efectuar cortes às instituições de caridade que eventualmente tenham dívidas, mas pede que se acelere o processo do pagamento das facturas.

Consta ainda das recomendações, a melhoria na facturação, processo que deve ser contínuo e aprimorado, além de que deve ser feito por uma auditoria interna e permanente.

“Deve ser efectuada uma auditoria externa para determinadas situações que fogem do controlo da organização, de modo a detectar as falhas e sua correcção”, lê-se o comunicado.