Em Malanje

Chuva destrói 815 casas

Chuva destrói 815 casas
DR

De acordo com o responsável, dados do Inamet dão conta de nova chuva dentro das próximas 72 horas, na ordem dos 100 litros de água por metro quadrado, pelo que se antevê a ocorrência de mais danos nas zonas consideradas “cinzentas”.

Pelo menos 815 casas foram destruídas pela chuva nos últimos dias, em nove dos 14 municípios de Malanje, deixando ao relento 4.890 pessoas, para além de danos materiais não avaliados.

A informação foi avançada hoje, terça-feira, nesta cidade, pelo segundo comandante do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros, Miguel António, realçando que os dados são provisórios, sendo Malanje com 219 casas desabadas, Cangadala com 203, Mucari (118), Cambundi-catembo (80) e Quirima com 56, as regiões mais afectadas.  

De acordo com o responsável, dados do Inamet dão conta de nova chuva dentro das próximas 72 horas, na ordem dos 100 litros de água por metro quadrado, pelo que se antevê a ocorrência de mais danos nas zonas consideradas “cinzentas”, daí a necessidade de prevenção por parte dos cidadãos, a fim de se evitar perdas humanos.

“A situação de calamidades naturais em Malanje, começa a preocupar devido as estatísticas e os números assustadores”, lamentou, tendo apelado a população, sobretudo residente nas áreas identificadas pelos Bombeiros, como de risco, com realce para os bairros Ritondo, Vila Matilde, Quizanga, Cafucufucu e Catepa, onde insistentemente muitos construíram residências, no sentido de se prevenir.

No último fim de semana, nos bairros Ritondo, Catepa, Quizanga e Carreira de Tiro, 158 casas ficaram destruídas devido a chuva.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS