Covid-19

Cabo Verde vai anular dívidas de fornecimento de água e energia

O primeiro-ministro cabo-verdiano anunciou hoje que o governo vai aprovar brevemente uma medida de anulação de dívidas de fornecimento de água e de energia e isenção de taxas de ligação de água, esgoto e electricidade a famílias mais pobres.

Cabo Verde vai anular dívidas de fornecimento de água e energia
D.R

"Como mais uma medida de protecção de rendimentos no âmbito da pandemia da covid-19 e da promoção da segurança sanitária, o governo vai aprovar brevemente uma iniciativa de anulação de dívidas de fornecimento de água e de energia, isenção de taxas de ligação de água, esgoto e ecletricidade a famílias mais pobres, beneficiárias da taxa social de água e energia”, anunciou Ulisses Correia e Silva.

O primeiro-ministro fez o anúncio no debate mensal na segunda sessão plenária de Novembro do parlamento, sobre as políticas de família e de inclusão social e produtiva, em que enumerou várias outras medidas para apoiar as famílias cabo-verdianas.

Outra dessas medidas anunciadas será a atribuição do rendimento social de inclusão a mais 18 mil famílias, chegando a um total de 29 mil, superior às 25 mil previstas no programa do Governo.

"São investimentos no presente e no futuro das crianças e dos jovens, são investimentos nas famílias a que eles pertencem”, disse o chefe do Governo, salientando que a pandemia da covid-19 continua a afetar gravemente a economia de Cabo Verde, que veio juntar-se aos três anos de seca severa que assolaram o país.

Na sua intervenção, o primeiro-ministro disse que o governo está a preparar o país para o pós-covid-19, para que Cabo Verde retome a dinâmica do investimento privado e se oriente para o crescimento económico mais diversificado e sustentado, no turismo, na economia azul e na transformação agrícola.

As medidas anunciadas pelo primeiro-ministro foram reforçadas pela líder parlamentar do Movimento para a Democracia (MpD, partido no poder), Joana Rosa, que lembrou os impactos provocados pela pandemia da covid-19.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS