Covid-19

Cabo Verde anuncia retoma de voos a 30 de Junho

O primeiro-ministro de Cabo Verde anunciou hoje um plano de desconfinamento que levanta a interdição das ligações aéreas a partir de 30 de Junho e a realização de eventos culturais e desportivas depois de 31 de Outubro.

Cabo Verde anuncia retoma de voos a 30 de Junho
D.R

Numa mensagem ao país a partir da cidade da Praia, o chefe do Governo, Ulisses Correia e Silva, destacou o facto de a última ilha do país, Santiago, terminar ao final do dia de hoje o estado de emergência, dois meses depois, podendo o país avançar para a próxima fase no âmbito do combate à pandemia provocada pelo novo coronavírus.

“Resultado do bom combate desenvolvido até agora para conter a propagação da covid-19. O fim do estado de emergência não significa o fim do vírus. Representa mais liberdade, mas ao mesmo tempo mais responsabilidade”, afirmou Ulisses Correia e Silva, após o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, ter anunciado na quinta-feira que não vai prorrogar o estado de emergência em Santiago, a única com casos activos de covid-19, pelo que termina às 23:59 de hoje.

Como forma de contar a pandemia, o governo declarou o estado de calamidade em 26 de Março e três dias depois foi declarado o estado de emergência. Foram suspensas todas as ligações de passageiros interilhas – ligações marítimas foram retomadas nas sete ilhas sem casos covid-19 a 11 de Maio – e a 19 de Março todos os voos internacionais foram proibidos.

Cabo Verde regista 390 casos acumulados de covid-19, distribuídos pelas ilhas de Santiago (331), Boa Vista (56) e São Vicente (03). Contudo, desde terça-feira que não são feitos testes às amostras recolhidas pelas autoridades de saúde, devido a um problema com reagentes no Laboratório de Virologia do país.

Do total, registaram-se quatro óbitos, dois doentes transferidos para os seus países e 155 doentes recuperados, fazendo com que o país tenha neste momento 229 casos activos.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS