Em diversas províncias

BPC já encerrou mais de 50 agências

O Banco de Poupança e Crédito procedeu, esta segunda-feira, ao encerramento de 53 agências e postos de atendimento em diversas províncias, no quadro do programa de redimensionamento desta instituição financeira.

BPC já encerrou mais de 50 agências
D.R

Trata-se de agências e postos de atendimento  e agências de transferências   de  Luanda, Cunene,  Cuanza-Sul, Benguela, Huíla, Namibe,  Cuando Cubango, Malanje, Uíge, Cabinda, Lunda-Sul, Moxico  e Bengo.

A informação foi confirmada à Angop pela, sem no entanto avançar mais detalhes em torno deste procedimento.

Fonte da direcção de Marketing e Imagem do BPC confirmou, em declarações à Angop, que esse passo marca  o início do processo de despedimento de pessoal no maior banco público do país, que viu os activos deterioram-se nos últimos sete anos, com prejuízos acumulados, até Dezembro de 2019, de mais de quatrocentos mil milhões de kwanzas.

Os clientes das agências e postos encerrados poderão transferir as contas para os outros postos em funcionamento.

No quadro do programa de recapitalização e reestruturação, o BPC prevê dispensar  mais de mil e seiscentos trabalhadores, tendo-se comprometido em  preparar mais de 18 mil milhões  de kwanzas para a indemnização dos funcionários.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS