No Namibe

Antigos combatentes começam a ser cadastrados

O recadastramento dos antigos combatentes do Namibe foi lançado hoje (quarta-feira), em Moçâmendes, numa actividade orientada pelo secretário de Estado para os Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria, tenente general Domingos André Tchikanha.

Antigos combatentes começam a ser cadastrados
D.R

Este processo vai permitir a planificação de dados de todos antigos combatentes e veteranos da pátria e gizar programas para a protecção social.

Na ocasião, o governante disse que este processo vai permitir a planificação de dados de todos antigos combatentes e veteranos da pátria e gizar programas para a protecção social.

Domingos André Tchikanha garante que serão recadastrados todos aqueles que constam da planilha da base de dados, os que têm os processos homologados e os que gozam da protecção especial da pensão de mérito.

"Durante o processo de recadastramento no ano passado o Ministério detectou mais de 12 mil cidadãos que não reuniam os requisitos para merecer a pensão de mérito, mas que recebiam subsídios", lamentou.

"É antigo combatente aquele cidadão angolano que participou na luta de resistência anti-colonial, na condição de preso político, na luta de clandestinidade ou guerrilheiro, até 11 de Novembro de 1975", esclaresceu.

Namibe foi contemplada com duas brigadas de recadastramento, que irão trabalhar nos cinco municípios, respectivamente, Moçamedes, Virei, Kamucuio, Tômbwa e Bibala.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS