China

Alerta máximo devido à passagem de tufão

A China emitiu, esta sexta-feira, um alerta máximo para as áreas costeiras da província de Zhejiang, no Leste do país, devido à passagem do tufão Lekima, com previsão de ventos e chuvas fortes.

Alerta máximo devido à passagem de tufão
D.R.

As autoridades chinesas disseram também prever para esta sexta-feira uma intensa tempestade no estuário do rio Yangtze, o mais longo do dia, que poderá desencadear inundações.

A chuva é esperada, durante o dia, em Zhejiang e Xangai e nas províncias vizinhas, mas o Lekima, que se desloca a 209 quilómetros por hora, deverá chegar à região no sábado de manhã e enfraquecer à medida que se dirigir para norte, indicou o centro meteorológico nacional chinês.

As autoridades chinesas disseram também prever para esta sexta-feira uma intensa tempestade no estuário do rio Yangtze, o mais longo do dia, que poderá desencadear inundações.

O alerta vermelho, emitido pela China, é o mais alto do sistema de alertas, de quatro níveis, levando as autoridades a preparar evacuações, suspender ligações ferroviárias, viagens aéreas e a exigir o regresso de embarcações aos portos.

Em Zhejiang, o serviço de ‘ferry’ foi cancelado e mais de 200 turistas foram retirados da popular ilha de Beiji. As autoridades emitiram ainda um aviso para sete províncias, incluindo Zhejiang, Fujian, Jiangsu, e o município de Xangai, para que activem sistemas de emergência.

Na quinta-feira, a passagem do Lekima pelo nordeste de Taiwan obrigou ao encerramento de empresas e escolas.

Outros artigos do autor

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS