Pandemia já causou a morte de 181 profissionais de saúde

África do Sul com 24 mil profissionais de saúde infectados

Cerca de 24 mil profissionais de saúde foram infectados e 181 morreram com covid-19 na África do Sul, anunciou hoje o ministro da Saúde, quando o país regista uma descida de novos casos da doença.

África do Sul com 24 mil profissionais de saúde infectados
D.R

De acordo com Zweli Mkwize, o número de casos de covid-19 entre os profissionais de saúde representa 5% do número total de infecções pelo novo coronavírus no país, valor inferior à média mundial de 10%.

Em resposta a queixas de que os trabalhadores da saúde não estão a receber equipamento de protecção pessoal adequado, Mkhize disse que o governo está a distribuir esses equipamentos e a analisar "urgentemente" todas as queixas, especialmente por parte dos sindicatos de enfermeiros.

Por outro lado, o ministro da saúde da África do Sul assinalou a descida dos novos casos de covid-19 no país, mas alertou que a vigilância deve continuar "para evitar um novo surto".

A África do Sul tem 521.318 casos confirmados de infecções pelo novo corona vírus, é o quinto país com a taxa de infecções mais elevada do mundo e concentra mais de metade de todos os casos comunicados em África.

Desde o início da pandemia foram registadas 8.884 mortes por covid-19, embora estudos sobre as taxas de mortalidade indiquem que o número real de mortes poderá ser mais elevado.