Basquetebol

Angola no Mundial da China

Angola no Mundial da China

A selecção sénior masculina em basquetebol apurou-se para o Campeonato do Mundo, que se vai disputar no próximo ano na China. Três jogos e igual número de vitórias foi a safra da selecção mais titulada de África, com 11 troféus.

No primeiro jogo, a selecção dos Camarões, orientada por Lazare Adingono, treinador do Petro de Luanda, perdeu diante de Angola por 77-73, numa vitória apertada com diferença apenas de quatro pontos. O poste angolano Yanick Moreira foi expulso da partida, após o desentendimento com o treinador camaronês.

A segunda ‘vítima’ dos angolanos foi a selecção do Chad, com o basquete incaracterístico, os angolanos não encontraram grandes dificuldades e venceram por diferença de 40 pontos, por 90-50. E no último jogo do dia e encerramento da competição diante da Tunísia, Angola não deu muitas oportunidades a esta selecção, orientada por Mário Palma, vencendo o jogo por 69-63, seis pontos de diferença. E o público presente no pavilhão apoiou desde o primeiro ao último quarto.

O extremo-base Carlos Morais foi o melhor marcador com 17 pontos, enquanto Alexandre Jungo não saiu do banco.

E com esta vitoria, os angolanos ficaram no segundo lugar com 21 pontos e a Tunísia com 22, apurando-se para o Mundial da China. Camarões ficou em terceiro lugar com 19 pontos e aguarda pela qualificação por via do melhor terceiro classificado das eliminatórias, que devem terminar em Fevereiro do próximo ano, com a disputa do grupo F entre as selecções do Senegal, Ruanda, RCA, Costa do Marfim e Mali. A Nigéria já está apurada.Luanda acolheu a primeira e a última fase de apuramento em Novembro de 2017 e este ano no pavilhão Multiusos. A 18.ª edição do mundial vai contar com 32 selecções e inicia a 15 de Agosto(Sábado) e termina a 15 de Setembro(domingo), em oito cidades.