Na África Subsariana

Angola tem segunda maior taxa de gravidez precoce

 Angola é o segundo país da África Subsariana, depois da República Democrática do Congo, com a mais alta taxa de gravidez na adolescência.

Angola tem segunda maior taxa de gravidez precoce
D.R.

Entre mil mulheres dos 15 aos 19 anos de idade em Angola, pelo menos, 163 já deram à luz.

Os dados foram avançados esta quinta-feira, no Lubango, Huíla, pelo representante do Fundo das Nações Unidas para a População (FNUAP), em Angola. Luís Samacumbi indica que entre mil mulheres dos 15 aos 19 anos de idade em Angola, pelo menos, 163 já deram à luz.

Muitas delas, refere, são vítimas de molestações, pelo que há um esforço do FNUAP para acabar com todas as formas de violência baseada no género e práticas nocivas contra as mulheres e meninas, como é o caso de casamento infantil e a gravidez precoce.   

Por sua vez, a directora-geral da Rede Mulher Angola, Fernanda Ricardo, destacou a necessidade de se focar no combate a todas as formas de discriminação contra a mulher.

O surgimento da Rede Mulher Angola, frisou, está intimamente ligado à participação de Angola nas reuniões preparatórias da quarta conferência mundial das Nações Unidas sobre as mulheres.

A Rede Mulher é uma plataforma de troca de informações e experiências de organização de mulheres e de todos aqueles que estão comprometidos com direitos humanos das mulheres e igualdade de género em Angola.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS