Espécie está em extinção

Palanca Negra controlada por via das TIC

O Ministério do Ambiente está a criar um sistema informático, que será acoplado a uma coleira, para monitorar e controlar o comportamento da Palanca Negra Gigante no Parque Nacional de Cangandala, em Malanje.

Palanca Negra controlada por via das TIC
D.R.

A espécie, que conta com 80 animais, 10 dos quais machos, existe apenas em Angola no Parque Nacional da Cangandala e está em vias de extinção.

Segundo Felisberta Quintero, do Gabinete de Tecnologias e Informação (GTI), em declarações à Angop à margem do primeiro Conselho Consultivo Alargado do ambiente, os testes desta aplicação, que já se encontra instalado, respondem aos anseios do sector.

Para já, segundo a responsável, está em curso um programa de gestão do sistema ambiental nacional, que inicialmente abrange o Parque Nacional da Kissama, em Luanda.

Este sistema, salientou, permitirá o licenciamento ambiental a partir da aplicação do Serviço Público Electrónico do Governo de Angola (Sepe), bem como encontrar informações ligadas ao sector, sendo que estará interligado com os Ministérios da Justiça e Direitos Humanos, Comércio, das Telecomunicações e Tecnologias de Informação e Administração Geral Tributaria (AGT).

A espécie, que conta com 80 animais, 10 dos quais machos, existe apenas em Angola no Parque Nacional da Cangandala e está em vias de extinção.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS