Edição 2020

Sérgio Piçarra recebe prémio franco-alemão de direitos humanos

O desenhador angolano Sérgio Piçarra é um dos vencedores da edição 2020 do Prémio franco-alemão dos Direitos Humanos e do Estado de Direito. É a primeira vez que uma personalidade angolana recebe este galardão.

Sérgio Piçarra recebe prémio franco-alemão de direitos humanos
D.R

O prémio é atribuído desde 2016 a pessoas "que contribuíram de modo expcecional para a protecção e promoção dos Direitos Humanos e do Estado de Direito nos seus países e a nível internacional".

Sérgio Piçarra iniciou a sua carreira na década de 1980 e é hoje o mais reconhecido desenhador e autor de banda desenhada do país, adianta o comunicado de imprensa.

Em 1990, iniciou a sua carreira de cartunista, criando a personagem "Mankiko, o imbumbável" [que não gosta de trabalhar] e que constitui hoje a maior referência de caricatura angolana, acrescenta-se no documento.

O cartunista já participou em eventos internacionais como a Convenção Internacional de Caricaturistas Africanos na África do Sul e nas celebrações do Dia Internacional da Liberdade de Expressão do movimento Cartooning for Peace, em Adis Abeba, (Etiópia) em 2019.

"É homenageado pelo seu engajamento pessoal e pelo trabalho que contribui para a promoção da liberdade de expressão, da liberdade de imprensa e do Estado de Direito em Angola", adianta o mesmo comunicado, acrescentando que a medalha vai ser entregue pelos embaixadores da França e da Alemanha em Janeiro de 2021.

 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS