Na categoria da música

Rosa Roque entre os vencedores do Prémio Nacional de Cultura e Artes

A mentora do agrupamento Gingas do Maculusso, Rosa Roque, venceu o Prémio Nacional de Cultura e Artes (PNCA), 2020, na categoria de música.

Rosa Roque entre os vencedores do Prémio Nacional de Cultura e Artes
D.R
Rosa Roque, compositora angolana

Segundo o júri do prémio promovido pelo Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, presidido por José Octávio Serra Van-Dúnem, originária de Malanje, Rosa Roque é uma compositora de pena fina que recria a história, diversos aspectos costumistas, o jogo – no sentido de brincadeira, de gozo e de chacota – entre a razão, a memória musical e a reflexão estética, mas, sobretudo, como uma festa do canto, da música e da dança.

A trajectória musical de Rosa Roque, lê-se na nota explicativa, navega constantemente entre a herança do folclore e a música urbana, entre o português e o Kimbundu, entre vários tipos de ritmos e universos sonoros calibrados nas Áfricas francofóna e anglofóna que a tornaram, por mérito próprio, na professora que ajudou a revolucionar a música angolana dos últimos trinta anos.

Rosa Ermelinda Roque dos Santos nasceu a 4 de Março de 1953 em Malanje. Conta com distinções e reconhecimentos pelo seu trabalho, destacando-se o Diploma de Mérito Nacional para a Música; Diploma Baluarte da Música Angolana da União dos Artistas e Compositores Angolanos e a Distinção de Mérito de Malange.

O PNCA é a mais importante distinção do Estado Angolano neste sector, tendo como principal objectivo incentivar a criação artística e cultural, bem como a investigação científica no domínio das ciências humanas e sociais.

É atribuído nas categorias de literatura, artes plásticas, dança, música, teatro, cinema e audiovisuais, investigação em ciências humanas e sociais, festividades culturais populares e jornalismo cultural.

O prémio constitui uma homenagem e incentivo ao génio criador dos angolanos, de modo a perpetuar entre os cidadãos ideias tendentes à compreensão das múltiplas formas de criação artística e diversidade das manifestações linguísticas e culturais do povo e da Nação.

Outros vencedores

Matan'yadi Norberto distinguido no Teatro

Grupo Kalofulofo Wino wa Matemba vence PNCA

Centro de Estudos da UCAN distinguido com PNCA

João Maimona vence PNCA em literatura

Sarah Maldoror vence prémio em cinema e áudio visuais

Paulo Kapela consagrado nas artes plásticas

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS