Autor da cópia está proibido de participar de qualquer concurso

Plágio anula prémio literário jardim do livro infantil

Foi anulado a edição 2020 do prémio Literário Jardim do Livro Infantil, por plágio. O autor do plágio está proibido de participar de qualquer concurso.

Plágio anula prémio literário jardim do livro infantil
D.R

O Instituto Nacional das indústrias culturais e criativas, dectetou plágio na obra vencedora, ‘ A candengue do Gulungo e o livro que não tinha fim’ de Sirineu André Francisco, uma cópia da Obra´O livro que não tinha fim´da Brasileira Sanda Aimone.

De acordo com o presidente do Júri, António Fonseca, em entrevista a RNA, a obra foi anulada por falta de competência, éctica e moral do premiado.

António Fonseca garantiu não haver mais atribuição do prémio Literário Jardim do Livro Infantil este ano.

O coordenador do evento, Gabriel Cabuco, avisa que o concorrente Sirinéu Francisco, autor do plágio está proibido de participar de qualquer concurso. 

O prémio, avaliado em 500 mil kwanzas, é um evento anual que se realiza em homenagem aos precursores da literatura infantil. 

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS