Após negociações com a administração

Pessoal de cabine da TAAG desconvoca greve prevista para hoje

O Pessoal Navegante de Cabine da TAAG desconvocou, esta quarta-feira, a greve que tinha o início previsto para hoje até sexta-feira, após de negociações entre o Sindicato Provincial do Pessoal Navegante de Cabine (SINPROPNC) e a administração da companhia aérea, avança o NJ, citando fonte da instituição.

Pessoal de cabine da TAAG desconvoca greve prevista para hoje
D.R

O recuo dos funcionários surge depois de uma garantia de colaboração por parte administração para responder às expectativas do pessoal de cabine dentro das suas possibilidades efectivas num contexto de crise financeira por que passa a companhia.

O Sinpropnc reclama melhores condições laborais e regalias sociais, exigem a actualização dos valores das horas de voo indexados ao dólar, a manutenção do regime de disponibilidade, tradução dos manuais e “humanização” das escalas de trabalho.

Os tripulantes de cabina da Taag queixam-se igualmente da “recusa” da entidade empregadora em estabelecer um regime de facilidade que valorize e confira dignidade ao trabalhador, lamentando “assimetrias profundas com outras classes”.

Acusam a empresa de querer pôr fim ao regime de disponibilidade dos contratos de trabalho, desrespeitando o parecer do Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social sobre o referido regime “o que revela falta de bom senso da administração da transportadora”.