Aos 73 anos, vítima de covid-19

Morreu artista plástico Kapela Paulo

Morreu artista plástico Kapela Paulo
D.R
Kapela Paulo, artista plástico morreu em Luanda.

Morreu nesta terça-feira, 17, o artista plástico Kapela Paulo, aos 73 anos, vítima de covid-19, na Clínica da Endiama, em Luanda.

De acordo com uma nota do Espaço Luanda Arte (ELA), o recente vencedor da 21.° edição do ´Prémio Nacional de Cultura e Artes´, esteve internado durante dez dias em estado crítico.

Artista multi-facetado, Kapela Paulo tem um lugar de excepção no contexto artístico Angolano. A sua trajectória confunde-se com a história recente de Angola pós-colonial. Através de uma prática artística eclética, misturando objectos e referências aparentemente dispares e discordantes, Kapela tornou-se uma espécie de Pai Espiritual da Arte Contemporânea Nacional, um mestre para toda uma geração de artistas mais jovens - a quem sem dúvidas influenciou, refere a nota.

 Autodidacta, Paulo Kapela nasceu em 1947, em Maquela do Zombo, no Uíje. Começou a pintar em 1960 na Escola POTO-POTO (Brazzaville – República do Congo). Fixou-se em Luanda em 1996. A sua marginalidade, impulsionada pelo facto de não dominar o português numa Luanda arreigada a hábitos assimilados (expressa-se maioritariamente em kikongo, lingala e francês).

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS