Agentes desportivos

Minjud descarta subvenção de testes da covid-19

O Ministério da Juventude e Desportos (Minjud) descartou, nesta terça-feira, em Luanda, a possibilidade de o Governo subvencionar os testes da covid-19 dos agentes desportivos, intenção manifestada por clubes e federações em função dos custos elevados.

Minjud descarta subvenção de testes da covid-19
D.R
João Molima, director do Centro Nacional de Medicina

Em conferência de imprensa de apresentação do Regimento Sanitário Desportivo, no âmbito da retoma das actividades federadas, o director do Centro Nacional de Medicina, João Molima, afirmou que os testes são de inteira responsabilidade das instituições envolvidas.

Citou as federações nacionais, associações, clubes e profissionais da comunicação social.

Lembrou que a autorização da retoma das actividades restringe-se ao regime de alta competição, mediante a observância das medidas de biossegurança.

João Molima referiu que os testes obrigatórios, a cargo dos organismos de tutela, deverão ser realizados 72 horas antes das competições.

Anunciou igualmente a obrigatoriedade de teste antes dos treinos para assegurar o real estado de saúde dos atletas e demais integrantes no recinto.

Lembrou que, apesar das actividades desportivas serem autorizadas pelo Executivo, podem ser alteradas em função da evolução do quadro da pandemia no país.

Neste sentido, apelou ao cumprimento restrito das medidas contidas no documento, cuja elaboração contou com a contribuição de vários agentes desportivos e outras instituições do Estado.

O Regimento Sanitário Desportivo prevê, numa primeira fase, o retomar das actividades nas modalidades de baixo e moderado risco, como atletismo, xadrez, natação, ténis, tiro, golfe, futebol, basquetebol e andebol.