Durante cinco anos, por desvio de fundos

Fifa suspende Ahmad Ahmad das actividades futebolísticas

A Federação Internacional de Futebol (FIFA) proibiu o exercício pelo presidente cessante da Confederação Africana de Futebol (CAF), Ahmad Ahmad, de toda a actividade relativa ao futebol, num período de cinco anos, por desvios de fundos da instituição.

Fifa suspende Ahmad Ahmad das actividades futebolísticas
D.R
Ahmad Ahmad

A decisão foi tomada pela câmara de julgamento da Comissão de ética independente.

Segundo o “Jeune Afrique”, a decisão vem expressa num comunicado publicado no site da Fifa

A Fifa detalha que o malgaxe e vice-presidente da mesma instituição, é acusado de ter violado os artigos 15 (Dever de lealdade), 20 (Aceitação e distribuição de prémios ou outras vantagens) e 25 (Abuso de poder) da edição 2020 do Código de ética da Fifa, bem como o artigo 28 (Desvio de fundos) da sua edição 2018”.

O mesmo deverá ainda pagar uma multa de 185 mil euros.

Para substitui-lo, são candidatos o ivoiriense Jacques Anouma, o sul-africano Patrice Motsepe, o mauritano Ahmed Yahya e o senegalês Augustin Senghor que devem ser validados a 12 de Janeiro próximo.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS