Lançamento está previsto para este ano

ARSEG ensaia aplicativo para seguro automóvel

A Agência de Regulação e Supervisão de Seguros (Arseg) está a testar uma aplicação móvel que permite, em poucos segundos, através da câmara do dispositivo ou de uma fotografia preexistente, identificar a matrícula de um veículo e informar o utilizador sobre a existência e validade do seu seguro automóvel.

ARSEG ensaia aplicativo para seguro automóvel
D.R

O aplicativo, a ser lançado nos próximos três meses, identifica também o número da apólice, entidade seguradora e a data de início do seguro.

Em declarações à ANGOP, o administrador da Arseg, Jardel Duarte, referiu que o projecto está na fase de ensaios e estará disponível para utilização ainda no primeiro trimestre deste ano. 

Para esta fase de ensaios, de acordo com o responsável, a Arseg tem trabalhado com os operadores do mercado (seguradoras), no sentido de carregar a aplicação com as informações sobre as apólices subscritas de seguro automóvel.  

Numa segunda fase, acrescentou, a Arseg pretende estar  alinhada com a Polícia Nacional, no quadro do lançamento do referido aplicativo. 

Com o dispositivo, a Arseg  terá  acesso à informação e aos serviços úteis no contexto da actividade seguradora, resseguradora, de fundos de pensões e da mediação de seguros em Angola.

O aplicativo poderá ser baixado por qualquer pessoa com o dispositivo móvel com o sistema Android ou IOS com acesso à internet.

Com a ferramenta,   prevê-se uma melhor percepção do número de veículos  segurados em Angola.

"Atendendo ao facto de que o sector segurador em Angola representa menos de 1 por cento do PIB, podemos aferir que o volume de subscrição do seguro automóvel em Angola deve ser bastante reduzido apesar de ser um seguro obrigatório", admitiu Jardel Duarte.

O gestor aponta que outra dificuldade para chegar a real percentagem de veículos segurados é a falta de informação relativamente ao número de veículos que constituem o parque automóvel em Angola.

A Arseg é uma entidade estatal, criada a 26 de Setembro de 2013, a quem compete regulamentar, supervisionar e fiscalizar a actividade seguradora, resseguradora, de fundos de pensões e de mediação de seguros de Angola.