10 a 17 de Dezembro

Angola participa na 1.ª feira intrafricana no Egipto

Angola participa na 1.ª feira intrafricana no Egipto
DR
Evento acontece de 10 a 17 de Dezembro, no Cairo

Angola vai estar representada com um pavilhão na primeira feira intrafricana, a decorrer de 10 a 17 de Dezembro, no Cairo, Egipto, numa iniciativa da Afreximbank e a União Africana (UA).

A  informação foi avançada pelo presidente  da Comunidade de Empresas  Exportadoras  e Internacionalizadas de Angola (CEEIA), Agostinho  Kapaxi, no ‘whorkshop’ de formação sobre empreendedorismo – Emprotec, organizado pelo Ministério do Comércio em parceria com a União Europeia.     

De acordo com o responsável, a feira é uma “grande oportunidade” uma vez que o Afreximbank vai disponibilizar 25 milhões de dólares  para o investimento em África em diversos sectores.

As empresas africanas, garante o responsável, poderão expor os seus produtos na medida em que irão interagir com organizações similares de outros continentes.

O evento realiza-se num momento em que os países africanos têm discutido questões ligadas ao aumento da produção nacional, as exportações no continente, a capacidade das empresas africanas e sobretudo apelar para um maior investimento na transformação dos recursos  naturais africanos. 

Angola  estará representada com empresas que se  dedicam a exportações, assim como  contará com a presença de bancos visto ser uma  “oportunidade”  em que poderão encontrar parceiros  interessados em investir em Angola.

Neste contexto, Agostinho  Kapaxi considerou que a diplomacia angolana tem sido “muito forte” através do executivo, que tem vindo a apelar para o investimento directo de empresários no país.

Ao referir-se à formação, que a duração de seis dias, esclareceu que  o programa Empretec é construído para a criação  de capacidades, sob  a supervisão das Nações  Unidas, a  partir de Genebra (Suíça).

A iniciativa está direccionada para equipar os participantes, enquanto empreendedores e pequenas e médias  empresas, a produzirem a uma escala e qualidade que permitirá discutir competitivamente no mercado internacional.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS