Na Lunda-Norte

Pastores condenados por desobediência

Pelo menos, dois pastores da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal e dois diáconos da Igreja Adventista do Sétimo Dia, no município do Cuango, na Lunda-Norte, foram, na segunda-feira, condenados a três meses de prisão por desobediência.

Pastores condenados por desobediência
D.R

Os quatro réus foram flagrados a realizar cultos, a 29 de Março, violando os pressupostos do Estado de Emergência,  em vigor desde 27 de Março, devido a pandemia da Covid-19.

Por ausência de antecedentes criminais, confissões espontâneas e o súbito arrependimento de Recodito Kawawa, João Luís (pastores), André Flávio e Celson Costa (diáconos), julgados sumariamente, a pena foi suspensa e convertida ao pagamento de 10 mil kwanzas de multa e 40 mil  kwanzas de taxa de justiça.

Entre as medidas impostas, em função do Estado de Emergência, consta a proibição da realização de cultos religiosos, aglomerados de até 50 pessoas e o isolamento social em residências, excepto em questões meramente justificáveis como saída para procura de alimentos, busca de assistência médico-medicamentosa e outras previamente autorizadas.

Na Lunda-Norte, 11 cidadãos encontram-se em quarentena domiciliar.

Até ao momento, todos os casos positivos registados no país foram importados, não havendo qualquer contaminação a nível das comunidades.

Do total de 16 infectados, dois morreram, dois recuperaram e os demais seguem em tratamento.

RECOMENDAMOS

POPULARES

ÚLTIMAS